Antonov AN-30

Planta do Antonov AN-30

Planta do Antonov AN-30

O Antonov An-30 (Designação OTAN: Clank), é um desenvolvimento do An-24 projetado para Aerofotogrametria.

A primeira versão de aerolevantamento do Antonov An-24 foi projetado pela Beriev OKB e designado An-24FK. O "FK" significa fotokartograficheskiy (mapeamento por fotos).[4] O protótipo foi então convertido a partir de um modelo de produção do An-24A na fábrica No. 49 da Beriev em 1966. O An-24FK fez seu primeiro voo em 21 de Agosto de 1967, com os testes de certificação sendo finalizados em 1970 e a certificação civil em 1974. Redesignado An-30, a produção foi iniciada em 1971 na Antonov.[1] Um total de 123 An-30s foram fabricados entre 1971 e 1980[5] em Kiev em duas versões principais.

O Antonov An-30 é um derivado do An-24 equipado com uma fuselagem inteiramente nova à frente do 11º quadro. O nariz é bastante envidraçado, fazendo lembrar o Boeing B-29. Dentro da nova seção do nariz fica o navegador e equipamentos precisos de navegação, incluindo uma visão ótica para aumentar a acuracidade da fotografia aérea.[4] A fim de permitir voos de aerolevantamento precisos e repetitivos o equipamento padrão do An-30 incluía um computador de controle de voo.[6] Este equipamento adicional substituiu o radar. O posicionamento do novo equipamento de navegação exigiu que a cabine de comando fosse aumentada em 41 cm se comparado ao An-24,[4] dando à aeronave outra característica única, uma corcova que continha a cabine de comando, similar ao Boeing 747.

O operador de rádio e engenheiro de voo sentavam na primeira cabine atrás e abaixo da cabine de comando. O equipamento para a missão ficava ainda mais atrás, em uma cabine contendo cinco janelas para câmeras no chão. Cada janela de câmera poderia ser fechada com tampas, protegendo os painéis de vidro. As tampas ficavam localizadas em capotas especiais salientes na parte de baixo da fuselagem. Na versão normal de aerofotogrametria, quatro ou cinco câmeras eram levadas a bordo. Três câmeras eram montadas verticalmente, para levantamento aéreo. As outras duas câmeras eram apontadas em um ângulo de 28º em cada lado da aeronave para fotografia oblíqua. O mesmo compartimento da fuselagem continha postos de trabalho para dois operadores de câmera e uma área para descanso da tripulação.[7]

As câmeras da aeronave podem ser usadas entre 2.000 e 7.000 m e a escala das fotografias resultantes são entre 1:200,000 e 1:15,000,000.[1]

O An-30 era motorizado por dois Ivchenko AI-24VT turboélice com uma potência de 2.820 ehp.[1]

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Antonov_An-30

Download

  • Antonov AN-30

    Planta do Antonov AN-30

  • img-planta-aeromodelo

    Antonov AN-30

    Planta do Antonov AN-30

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima